quinta-feira, 14 de maio de 2015

SOBRE A SAUDADE

A saudade
Este sentimento que dói por dentro
Visceral e demoradamente
É ao mesmo tempo
O consolo, a lembrança
A certeza de que levamos conosco
Como um pedaço de nós
Quem amamos.

PASSARINHO

Quero ser, quem sabe
Um passarinho:
O mais pequeno e frágil deles,
A passear por uma árvore qualquer,
Tornando-me dela sutil e breve detalhe…
Um passarinho dentre milhares de outros,
Passageiro, livre e descompromissado.
E ajeitar minhas penas sobre os galhos,
E dançar ao sabor do vento
E assobiar uma cantoria
Cujo destinatário poderia bem ser você.