quarta-feira, 23 de abril de 2014

NOSSA CULTURA EM MARTELO AGALOPADO


Partilho a primeira estrofe em martelo agalopado (saiba mais sobre esse estilo aqui) de um dos folhetos que compõem o material por mim produzido para trabalhar poesia e cordel com os meninos de Araquém e região:

Aos que negam o valor da nossa terra
Dou recado seguro e assino embaixo
Que se enganam ao fazerem esculacho
Esquecendo a cultura que se encerra
Neste chão estendido em pé de serra
De caboclo e mulher trabalhadora
Que com fé e insistência lutadora
Todo dia se acordam bem cedinho
E inda vão com alegria ao forrozinho
Quando a noite se achega encantadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário