sábado, 12 de abril de 2014

10 GRITOS RUMO AO NADA DO POEMA

Algumas angústias e pensamentos encontraram vazão nestes versos simplórios hoje, a um só fôlego, como verdadeiros gritos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário