quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

IGNOMÍNIA

Quisera não amadurecer antes do tempo
Temendo que em seguida me viesse a morte
Sorrateira
E inesperada
E me podasse
Com seu abraço
Cortante
Se bem que hoje
Inda teimo em ignorá-la
No meu sono do dia
Porque no sono da noite...

(02.1.2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário