quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Vi(r)Vemos?

Há dias que a gente senta e conversa
E em roda repensa o que a vida tem
O que traz de novo neste vaivém
Que com risos conta, escreve e versa.

E dos instantes que cá dividimos
Resta a pergunta: o que vai ficar?
Se algo há que dure neste caminhar
O que me importa é saber que rimos.

E o tempo e o vento não podem soprar
Para tão longe que não o alcancemos
O amor fraterno que juntos vivemos.

Pois este mesmo vive em seu lugar
O peito, a fala e o que esquecemos
E a saudade do que ora não temos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário