quinta-feira, 1 de agosto de 2013

PANDORA

São tantos outros
Dentro de mim
E tantos outros
No meio de fora
Muito embora
Tema-me mais
Que qualquer outro
Que me arvora
Na intimidade
Na verdade sei
É mais do outro
Do que pensei
E dou no outro
A dor que amei
Pandora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário