domingo, 21 de julho de 2013

PRENUNCIO

Exponho-me na melodia
E que a minha alegria lhe contagie
Porque quero viver.
Venha e de braços abertos
Cante um novo hino
Que se faça saber:
Eis que agora,
Uma nova aurora se anuncia;
Onde em cada dia
A paz vai haver
Na esperança
Que guia a andança
Junto ao bom querer.

Prenuncio...
O tempo dirá
Ou as pedras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário