quinta-feira, 14 de março de 2013

PIPA VAI

A pipa pipocada de cores
Esvoaçou no céu, tranquila.
Escutei rumores de seu paradeiro,
Nas terras distantes doutra vila.

Levou com ela mensagens,
De paz, acordo, infantil sonhar,
Dum menino que nem eu,
Atrepou sua esperança no ar.

Eu, com efeito, observo o céu,
Ante a vida daquela simples pipa,
E ouso me ver em seu lugar...
Um dia talvez...

(pintura de João Werner)

Nenhum comentário:

Postar um comentário